A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) prevê a criação de 28.957 cargos, número superior ao de 2014, que foram 20 mil. A maioria das vagas (13.974) é para o Poder Executivo, Banco Central, Receita Federal, Ministério da Fazenda e INSS.

As demais vagas são para a área de Justiça, que inclui tribunais (9.177), Defensoria Pública (3.897) e Ministério Público da União (1.879). Esses números não incluem as vagas de reposição, em caso de aposentadoria ou demissão de servidor.